Política Externa

Irã, Turquia e Brasil: Lições do passado e riscos do presente

por em 13/09/2010

Irã e Turquia passaram a ser países importantes na pauta da política externa brasileira desde a assinatura do controvertido acordo entre os três países, em maio deste ano, com o objetivo de que 1.200 kg de urânio iraniano fossem levados para enriquecimento na Turquia. A participação do Brasil nesse processo se desvia da linha de envolvimento discreto, prudente e periférico do país nos problemas do Oriente Médio, que foi adotada especialmente depois de traumáticas experiências anteriores, como a da rendição do brasileiro Batalhão Suez a tropas israelenses em Gaza, em 1967. Se é possível entender o comportamento recente do Irã e da Turquia no seu entorno geográfico, o do Brasil é de compreensão menos fácil. O que mais importa é como o país pode se extrair desse imbróglio sem dano adicional aos já sofridos.

This text deals almost solely with recent events in Iran and Turkey, countries that have become closer to Brazil since the agreement about the enrichment of Iranian uranium signed in May by the three nations. From now on, Brazil will have to understand better and involve itself more deeply in the problems of that critical area of the world because, despite negative experiences from the past, this country has become a relevant actor in the Middle East. It is relatively easy to understand why Turkey has acted as it did in this situation. Much more difficult is to grasp the motives for Brazil having done the same. The question now is how brazil can get rid of this imbroglio without hurting itself even more.

Para continuar lendo esta matéria é necessário ser assinante da Política Externa

Já sou assinante Faça a sua assinatura
Esta matéria faz parte do volume 19 nº2 da revista Política Externa
Volume 19 nº 2 - Set/Out/Nov 2010 O mundo das candidatas - Entrevista sobre relações internacionais com Dilma Roussef e Marina SIlva

Dilma Rousseff e Marina Silva expõem suas ideias sobre política externa

Ver detalhes desta edição Assine o acervo
Voltar Topo

Comentários