Política Externa

Pepe Mujica e o novo populismo sul-americano

por em 27/02/2015
Pepe Mujica e o novo  populismo sul-americano

Após cinco anos no poder, Pepe Mujica se transformou num dos personagens mais admirados do cenário político internacional. A eleição de Tabaré Vázquez, a quem ele havia sucedido, para sucedê-lo garante a continuidade no Uruguai de um projeto de centro-esquerda que se distingue do bolivarianismo. Mais do que isso, Mujica garante para si uma celebridade mundial que poucos de seus compatriotas conquistaram.

The end of Pepe Mujica’s term as president of Uruguay coincides with a great exposure of his name in among several sector of the international public opinion as benign leader in South America, who was able to accomplish positive and progressive social policies without much political friction. The article analyses his personality, biography and the reasons for his success.

Para continuar lendo esta matéria é necessário ser assinante da Política Externa

Já sou assinante Faça a sua assinatura
Esta matéria faz parte do volume 23 nº3 da revista Política Externa
Volume 23 nº 3 - jan/fev/mar 2015 A Tragédia do Charlie

O atentado contra o semanário satírico Charlie Hebdo foi interpretado por muitos como parte de um conflito entre extremistas muçulmanos e um jornal em campanha quase sistemática contra o Islã extremista.

Ver detalhes desta edição Assine o acervo Adquira esta edição
Voltar Topo

Comentários