Política Externa

O acordo nuclear com o Irã: entre a esperança da paz e o precipício do medo

por em 18/11/2015
O acordo nuclear com o Irã: entre a esperança da paz e o precipício do medo

O presente artigo descreve o processo que garantiu a preservação do pacto com o Irã no Congresso dos Estados Unidos, a despeito dos esforços em contrário das maiorias republicanas que controlam a Câmara de Representantes e o Senado, apoiadas explicitamente pelo governo de Israel. O texto aborda também a aprovação do acordo pelas várias instituições de poder em Teerã e o início de sua aplicação pelo país, sob a supervisão dos inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), conforme o cronograma de suspensão escalonada das sanções econômicas, a partir de 2016. O artigo trata ainda das implicações internacionais do pacto, inicialmente positivas, e conclui com uma reflexão sobre seu significado para o Brasil que, com a Turquia, liderou em 2010 uma malsucedida tentativa de mediação entre o Irã e a comunidade internacional.

This article describes how the nuclear pact between the E5+1 and Iran was preserved in the US Congress, despite the Republican majorities opposition to it and the lobby against it explicitly supported by the Israeli government. The text also deals with the approval of the agreement by the Teeran's institutions of power and the beginning of its application by the country, under the supervision of the International Atomic Energy Agency (IAEA), in return to the suspension of the economic sanctions against Iran from 2016. The article also brings the international implications of the pact, that are initially positive, and concludes with a reflection on its meaning for Brazil that, in 2010, led with Turkey an unsuccessful attempt to mediate an agreement between Iran and the international community. A summary of the agreement, released by the White House on July 14, 2015, is in the appendix.

Para continuar lendo esta matéria é necessário ser assinante da Política Externa

Já sou assinante Faça a sua assinatura
Esta matéria faz parte do volume 24 nº1 e 2 da revista Política Externa
Volume 24 nº 1 e 2 - jul/dez 2015 O Histórico Acordo de Viena

O Acordo de Viena sobre o projeto nuclear iraniano evitou as consequências trágicas da hipótese de o Irã, país inserido na região mais tensa do mundo, obter armamento nuclear.

Ver detalhes desta edição Assine o acervo Adquira esta edição
Voltar Topo

Comentários